quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Amor e Nada Mais.

Hoje meu pai lindo foi condecorado com a Medalha do Mérito da Alvorada.
É uma honraria concedida pela NOVACAP, por meio de proposta parlamentar distrital, a personalidades de diversas áreas de atuação e que prestam relevantes serviços à sociedade do Distrito Federal.
Gente... Hoje foi um dia queeeeeeeente!!! Santo Pai Eterno... E eu lá tietando meu Pappys lindo. Ele é tão lindo!!! Tão cheiroso...
Bom, não preciso dizer o quanto admiro meu pai.
Ele é de origem humilde. Sempre tiveram tudo o que precisaram, mas ele teve de trabalhar cedo.
Ele foi ajudante de pedreiro, já trabalhou em dois empregos em locais extremos - não me perguntem como ele conseguia -, morou longe da minha mãe e da minha irmã para poder juntar dinheiro e construir a casa onde passei boa parte da minha infância, sem qualquer ajuda ele passou no concurso público que, na época, foi o mais concorrido, deixando um emprego em um Ministério que pagava até mais.
Pouco a pouco, persistente como é, ele galgou o mais alto posto da sua área de atuação, e saiu da Caixa Econômica Federal como uma das pessoas mais especializadas no mundo naquilo que fazia.
Logo que saiu foi prestar consultoria em uma empresa.
Nada foi fácil, entretanto. Ele passou por situações difíceis, mas nunca o vi reclamar do que quer que fosse.
Todo esse trabalho nos rendeu aquilo que de melhor poderíamos ter. Uma excelente educação, mas tudo sem luxo ou ostentação. Vida de classe média muito bem vivida.
Ele sempre foi equilibrado. E sempre foi muito tenaz.
Antes mesmo de deixar a Caixa ele começou a fazer o curso de Teologia. E, na verdade, ele saiu de lá para se dedicar ao pastorado. Ofício que ele exerce até hoje, e que levou um dos nossos deputados distritais a indicá-lo para o recebimento da medalha por causa dos serviços sociais que a igreja tem feito na comunidade onde está inserida.
Claro que meu pai não é uma pessoa perfeita.
Ele é teimoso, para começo de conversa. E, muitas vezes é rabugento.
Mas ele é lindo, cheiroso, e foi a pessoa que mais demonstrou amor por mim em toda a vida. Eu não canso de dizer isto. E já disse inúmeras vezes. Porque não quero esperar que ele morra para sentir o que sinto, nem dizer o quanto eu o admiro.
Somos assim... Os dois mais circunspectos... Mais comedidos. Mas acho que somos os que mais sentem tudo ao redor.
Temos a mesma opinião sobre diversas coisas. Inclusive sobre o momento de calar. Porque sabemos como uma palavra pode ser nociva, como pode ser destrutiva.
Amamos deixando livre. Ainda que nos pareça uma idiotice o que o outro está fazendo, pela simples razão de que a vida é para ser vivida individualmente. Vemos o que vai acontecer, mas sabemos que não adianta ver com nossos olhos sendo que são os olhos alheios que não enxergam.
Ele sempre fez isto comigo também.
Acredito que desde que nasci.
Todo pai e toda mãe sabe que para o filho aprender a andar é preciso soltar a mãozinha da criança. E ela vai cair.
Ele me viu sofrer diversas vezes... As minhas duas grandes desilusões (por coincidência, os dois únicos relacionamentos que tive que, segundo Mammys, ela gostou), foi ele quem consolou.
Pensa que esqueci, Pai? Não!!!
Da primeira vez eu também chorei compulsivamente sobre seu colo. E foi a sua mão que afagou meus cabelos... Faz tanto tempo!
Desta última vez também. Foi sobre seu peito que deitei e chorei... Por sua causa, eu sei, eu não me entreguei à tristeza profunda.
E foi da sua boca que eu ouvi há um ano atrás: "Não importa o que você fale, não importa o que faça, não importa o que seja. Eu amo você, e estou aqui para lhe dar todo o apoio que precisa. Só não me peça para ser conivente com o que é errado, porque você sabe que não posso fazer isto, ainda que a ame. Mas, tudo que é meu é seu. E nada no mundo fará com que eu a ame menos".
Você talvez não saiba, Pai, que o ar poderia ser cortado naquele momento tão denso era o amor que invadiu aquela sala.
Você tirou a vergonha de sobre mim. E eu não temi mais nada. Naquela noite eu compreendi o que é Misericórdia e o que é Graça. E soube o quanto Deus me ama e por isso mesmo me perdoou.
Dias depois você me ensinou que não adiantava amar mais aos outros do que a mim mesma. Que a vida era minha e que só eu era responsável por ela. E que ninguém mais poderia viver por mim. E que, por isso, eu teria de arcar com todas as responsabilidades por aquilo que eu fizesse. Mas, sempre colococando-se ali, perto de mim, para me dar a mão caso eu caísse.
Meus lindos irmãos, brincando eu sei, sempre me provocaram dizendo que fui achada na lata do lixo, hehehehehe, e eu só posso dizer uma coisa a respeito: Quanta honra a minha se isto fosse verdade!
Ainda que eu descobrisse tardiamente que algo aparecido aconteceu, eu só poderia dizer que sou a pessoa de maior sorte do mundo!
Tantas vidas eu tivesse, queria que você fosse meu pai em todas elas.
Por muitas vezes eu senti a sua falta. Mas, hoje, eu sei que estava o tempo todo presente em minha vida por meio de sua provisão, por meio de seu amor que o fez sacrificar sua vida e seu tempo para que eu, minha mãe e meus irmãos tivéssemos tudo o que você nunca pode ter.
Sinto muito só por não corresponder na totalidade aquilo que você sonhou para mim.
É que você me ensinou que preciso aprender. A cabeça é dura, mas um dia eu aprendo.
Gostaria que todos tivessem em mente como é ter alguém que nos ama assim incondicionalmente por perto. Isto é algo que nos faz perder o medo. Pode o mundo desabar sobre sua cabeça, e pode ser que você se quebre em zilhões de pedacinhos pelo chão. Não importa. O amor nos reconstrói. E NUNCA sai de perto.
Gostaria que você, Pai, pudesse me ver feliz e realizada. Como eu gostaria!
Como eu queria ver você colocando minha filha para dormir sobre seu peito, do mesmo jeito que fazia comigo... E queria muito que você andasse de mãos dadas com ela, assim de vestidinho branquinho de algodão e pezinhos descalços.
Sem medo eu a deixaria sob seus cuidados e de Mammys para que ela pudesse curtir o que é ter avós.
Ia fazer de conta que ficaria com raiva dos mimos que dispensariam a ela, mas eu, no fundo, iria sorrir porque agora sei que vocês só tem a obrigação de avós de "estragar" nossos filhos.
Achei que estes momentos estavam próximos de acontecer. Mas, não deu, Pai. Ainda não.
Mas, sei que, mesmo que não aconteça, seu amor por mim continuará o mesmo.
Como eu o admiro! E como tenho certeza do seu amor.
São poucas as coisas que eu posso afirmar com certeza: Que Deus é soberano e cheio de Graça e Misericórdia e vive em mim por meio de Cristo, e que você e Mammys me amam.
Do restante eu sei. Mas nunca com certeza tão absoluta assim.
Portanto, Pai lindo, a honraria de hoje foi mais que merecida. Mas, se soubessem quem você de fato é, ela seria apenas um vislumbre daquilo que você merece. Só que eu acho que nada há nesse mundo que esteja à sua altura.
Amo você!

7 comentários:

KaTinha disse...

Boa noite lindona... a semana foi puxada, comecei cursinho e ai unido a faculdade tenho deixado de lado o mundinhu vrtual para conseguir estudar direitin.=D Estarei bastante ausente, mas sempre que der passarei por aqui. Fiquei muito feliz com a postagem! AMuH dimais este carequinha e realmente ele merece. Nem o vi esta semana e estou morrendo de saudadis! Graças a Deus tbm tenhu um pai maravilhoso, e me sinto ainda mas privilegiada por ter o amor do meu PAIstorzin! xD Sei que no tempo de Deus tudo ocorrerá e você dará a seu Pai a felicidade de ter um(a)Netinho(a), iii promete que deixa eu também babar um tikin?! Adoru babys!!! Rss... Bjus e um final de semana especial e lindo como você!

Adri Polo disse...

Amiga lindaaaa.Sabia que esse tempo sumidinha daria um lindo post! E que lindo! Lindo seu amor pelo seu pai,sua tragetória e principamente os principios que ele te passou.Vc é especial demais Gabi ao demostrar toda essa admiração e respeito.Me emociona como sempre.Adoro ouvi-la.E lindo os comentários que fez no post da VALENTINA.Amiga,tb estou a espera do meu momento mais sublime que é ser mãe.As vezes da medo de o tempo passar,sabe como é:34...Essa idade dá medo...Mas vou conseguir realizar esse meu sonho.Na hora de Deus.Esperarei paciente a hora dele...Gabi,sempre que vou postar o Bom fim de semana,penso em flores bem bonitas,sempre para vc minha querida e doce amiga.Um beijo e obrigada por me deixar fazer parte do seu Universo Verbal...

Gabrielle Avelar disse...

Nem me fale em semana puxada... Apesar de lá no Gabinete ser bem mais tranquilo do que onde eu trabalhava antes, mas engraçado que não tenha tempo para mais nada! Hehehehehe!!!
Obrigada pelo carinho. Sei que você ama meus pais e agradeço muito por isto!
Beijo, Katinha linda. Pode deixar que se eu tiver filhotinhos eu deixo você chaleirar também!
Adri... Tenho certeza de que conseguiremos realizar nossos sonhos. Engraçado, mas sei que Deus sabe de tudo. Mesmo. E que não adianta lamentar porque Ele é quem sabe de TUDO.
Eu é que agradeço por você existir, Amada. E obrigada pelas flores de todas as semanas. E, principalmente, pelas rosas desta. Estava precisando delas, você nem imagina o quanto!
Beijo enooooooooorme e um bom fim de semana!

Anônimo disse...

Gabi,
Na sua festa eu falei com o seu pai: - "a Gabrielle é uma pessoa encantadora, parabéns!" Ele agradeceu. Eu penso que, para um pai, a maior satisfação, o maior mérito é o reconhecimento dos esforços em prol da família. Não obstante a importância do mérito recebido, pode ter a certeza que o seu reconhecimento, a sua declaração de amor terá um peso infinitamente maior que quaisquer honrarias. Congratulações extras ao seu pai!!! Ter uma filha como você é o maior presente que se pode ter... Beijos. Paulo.

Gabrielle Avelar disse...

Paulo... Obrigada pelo carinho!
^^

Renata disse...

Ufa! até que enfim consegui ler esta postagem..=D e Sinceramente ameei mto.. É mto bom saber o quanto vc admira seu pai..Essas palavras de amor e carinho, qualquer pai ficaria orgulhoso..Assim seei q o seu Deeve ta tbm ^^,
pois ele criou uma mulher maravilhosa..E saiba minha "quase mae" ashauasuaa 'Que há Tempo pra tudo', na hora ceerta vaai vim um Bebe lindoo igual a mamae aaí ^^ ..

Ameei tbm as palavras de seu pai, falando pra vc.. Incrivél! Como esquece ne! Seu pai sabe o que fala ;D

Bejoos "Mamae" ;** ( srsrsr)

Jeane Barreto disse...

Oi,amada!
Seu pai é mais do que merecedor dessa homenagem.O vi poucas vezes mas nesse tempo aprendi um pouquinho sobre Deus e ali naquela minha adolescência "rebelde" ele meio que me puxou e me fez pensar num Pai que olhava por mim,uma semente foi plantada e a maneira como se relacionava com a família me chamou a atenção pra a minha própria família e então comparei...não descobri só que eu tinha uma família desiquilibrada mas que a grande diferença era que uma servia a um Deus vivo e a outra apenas vivia...até respeitando a Palavra mas sem viver a Palavra.
Esteja honrada em ter esse pai abençoado,essa família que teme ao Senhor.
Sabe,prima,talvez alguns d seus sonhos ainda sejam apenas sonhos mas os sonhos não envelhecem nunca,são eternos jovens cheios de vitalidades e esse é o grande mistério que nos mantem de pé,sonhar!
A paz,minha flor.