quinta-feira, 28 de maio de 2009

Mea Culpa


Já ouviram falar da Síndrome de Adão?
Bom, quando Eva comeu do Fruto do Conhecimento do Bem e do Mal e o deu ao seu companheiro Adão, e ambos foram descobertos em seu pecado, Deus perguntou - como se já não soubesse - o que Adão havia feito. Ao que Adão lhe respondeu: " A mulher que tu me destes, ela me deu da árvore e eu comi." Seguindo o exemplo de seu marido, Eva, por sua vez, disse: "A serpente me enganou e eu comi". E a serpente, como não tinha a quem mais acusar, recolheu-se à sua insignificância e se calou...
Então... Tenho reparado que quando acontece algo, sempre temos a tendência de acusarmos aquele que está mais próximo de nós. E, ao contrário do que fez a mítica serpente, as pessoas, mesmo quando não tem a quem acusar, não se calam!
Nunca assumem seus erros! Porque isto acontece?
É algo a se pensar...
Se no trabalho as coisas não vão bem a culpa é do chefe, do colega ao lado, do horário em que acordamos, das milhares de atividades que temos durante o dia?
Se nossa casa está uma bagunça, a quem culpamos? Os filhos, o marido, a empregada?
Se estamos doentes a culpa é do tempo?
Se o relacionamento conjulgal não vai bem a culpa é de nosso parceiro?
Não!!! Digo com veemencia: NÃO!!!
A culpa é minha, é sua!!!
Se não vou bem em minhas relações de trabalho, a culpa é minha que não sei lidar com situações adversas... Se a casa está uma bagunça, a culpa é minha que não tomo a iniciativa de arrumar ou de comandar a arrumação, se adoeço, a culpa é minha que não me cuido como deveria... Se o meu relacinamento amoroso não vai bem a culpa é minha que não posso satisfazer as necessidades do meu companheiro, ou não sei lidar com meus sentimentos e ações para com ele...
Cruel? Sim é!!!
Tenho ouvido muitas pessoas dizerem para mim que não é minha culpa... Sim, é sim!!! Mea culpa, mea culpa, mea maxima culpa!!!
Gente! Só posso ser responsável por aquilo que eu faço, não pelo que os outros fazem!!!
Meu lindo avozinho costuma dizer: "Coração dos outros é terra em que ninguém anda". Em meu coração, porém, eu posso caminhar. E a caminhada rumo ao conhecimento de nós mesmos é árdua e dolorosa!!! E só podemos consertar aquilo que há de errado conosco, não com o outro!!!
Assim, sigo dizendo, Mea culpa, mea culpa, mea maxima culpa...
E seguirei tentando fazer sempre o melhor, jamais culpando os outros pelos meus erros ou acertos... Mas, se alguém estiver disposto a me ajudar a acertar, estamos aí!
Tentando, tentando... Prometo que tentarei não acusar, não apontar meu dedo indicador na sua cara linda! Porque sei que sou responsável apenas pelos meus atos, jamais pelos seus...
Este papel de Acusador não me cabe, graças a Deus!!!
E quanto ao meu amigo(a) leitor(a)... Qual papel lhe cabe? Não me acuse, não acuse o outro... Pense em seus atos e responsabilize-se por eles... Vai ver como tudo fica mais simples quando não olhamos somente para o outro com o intuito de acusar...
Penso que na próxima postagem eu falarei algo sobre esta história de olhar para si mesmo e para o outro... Mas, tenho ainda de pensar...
Só impressões, sem pretenções!!!
Beijos a todos os visitantes!!! Que seu dia seja espetacular!!!

Um comentário:

Anônimo disse...

Gabiiiiiii
gosteiiiii.........
beijux.........................Havva