segunda-feira, 22 de março de 2010

Um pedido...

Gosto muito de agradecer. Demais. E detesto pedir. Acho algo extremamente incômodo para mim. De modo que peço quase nada para Deus.
Eu tenho muito mais para agradecer do que para solicitar. Claro que muitas vezes eu tenho de pedir que Ele faça algo por mim, embora eu saiba que, de antemão, Sua mente e coração já sabem todos os meu intentos e mais, tudo quanto eu necessito.
Passei mais um fim de semana magnifico, como tantos outros que já comentei aqui por esse Universo de linhas fiadas em letras.
Nada de muito espetacular. Apenas o fato de estar com alguém que se ama profundamente.

E, hoje, este post tem destinatário certo:


Meu Amor,

Como é bom dormir e acordar tendo ao seu lado a pessoa com quem você deseja passar o resto dos seus dias. Saber que é real. Que tem um abraço que lhe satisfaz. E que tem uma voz doce e terna que acalma a tempestade que é você.

É maravilhoso saber que essa pessoa que abriu os olhos e lhe deu um sorriso de "bom dia" foi alguém que não desistiu mesmo quando era para desistir. Que lhe amou mais que a si mesmo e colocou a sua vida à frente de todas as convenções estabelecidas.

Eu nunca na vida tive tanto... Até já pensei que tivesse. Mas, hoje, olhando para trás, o que eu deixei pelo caminho que se desfez atrás de mim foram apenas traços daquilo que seria.
É sublime o fato de sentir os seus cuidados e a ternura que jamais imaginei que pudesse haver no mundo. E passear de mãos dadas sentindo o vento no rosto... E calar-se para esperar. Sentir que o tempo passa demoradamente quando está longe. E voa quando se está perto.

Voltar para casa e conversar. Só conversar. Demoradamente... Ou melhor, me ouvir falar, falar, falar e falar... Hehehehehe!!!

Mas ontem eu também ouvi muito. E aprendi. E quero aprender cada dia mais. E respeitar. Sempre. E, quando não puder fazê-lo, desejo me calar. E quando não puder me calar, que eu não magoe - ao menos. Se magoar, que tenha a capacidade de pedir que me perdoe - com sinceridade.

Desejo muitos e muitos outros momentos como aqueles. Tão singelos. Só pelo simples fato de você estar por perto. Nada mais.

Talvez haja dias não tão agradáveis... Afinal, cada um tem as suas manias e limitações. Mas, que isto não nos fira a ponto de matar tudo de bom que passou até aquele momento.

Eu não posso nunca deixar de agradecer. Por essas pequenas coisas. Que para mim são enoooooormes.

E não me canso de agradecer por você não desistir de mim. Por esperar a dor sarar. Por aguardar o tempo necessário para eu limpar meu coração para um novo amor. Por me amar. Porque isto é amar. Estar por perto quando se precisa. Enxugar as lágrimas de dor. De saudades. De emoção. E rir junto. Ouvir e discordar. E, mesmo com alguns abismos entre nós, saber que eles fazem parte da linda paisagem que somos.

Ontem eu não lhe disse. Mas, eu me dei conta de que o amava um pouco antes daquela postagem... Foi quando você, por conta de uma dificuldade, levantou a possibilidade de me deixar. Eu senti uma enorme tristeza em pensar que poderia ficar um dia sequer sem seu amor.

Claro que, se você sentisse que meu afastamento iria lhe fazer sentir-se melhor e mais feliz, eu iria embora... Mas isto, certamente, iria ferir meu coração como eu não sabia que poderia ser. Até aquele momento eu não sabia ao certo o que eu sentia. Estava no meio de uma enorme confusão, você sabe.

Eu voltei para casa com o coração gelado. Eu não queria - e mais - não podia abrir mão de você. Daí veio aquele falatório de morrer - eu hein! - E eu quase morri. Não podia MESMO vislumbrar a possibilidade de um mundo sem você. Você não sabe, mas naquele momento eu fiz um pedido a Deus - eu que não gosto de pedir... Mas, deixa esse pedido aqui escondido no meu coração...

Hoje eu considero um grande privilégio poder compartilhar a minha vida com você. E maior honra destinar o meus dias de vida para viver ao seu lado.

Espero apenas estar à sua altura... À altura da sua dignidade, da sua gentileza, da sua ternura... Da pessoa que você é. Do seu amor.

Hoje eu ouso fazer um pedido ao Pai: Que me permita desfrutar muito - e sempre - de você. Que Ele não me tire esta felicidade nem esta alegria que eu sinto agora dentro de mim. Eu peço isto, sim. Porque ainda tenho o medo que me invade o coração. Pois sei o quão indigna sou... E que mereço menos que nada.

E a você, Meu Bem, eu peço apenas que me ame. E que não deixe de me oferecer essas pequenas coisas, esses pequenos gestos que fazem meu coração cantar, me emocionam e me façam verter lágrimas de alegria, como as que acabo de derramar depois da pequenina frase que há pouco ouvi de você: "Amo você"!

Eu também.

5 comentários:

Anônimo disse...

Meu amor,
Posso já ter recebido algumas declarações, alguns elogios escritos, mas nada comparado a essas maravilhosas palavras imbuídas de sentimentos verdadeiros... Sim, eu sei que são verdadeiros porque eu sinto o seu amor, o seu carinho, os seus cuidados, a sua preocupação comigo. Sei que tudo isso acontece com espontaneidade e prazer. Está escrito nos seus lindos olhos tortinhos, que eu amo tanto...Rs rs rs... Ah, como é bom ter essa certeza: de amar e ser amado... Como é bom semear as esperanças, regar a paciência e ver brotar e crescer a árvore do amor... Que bom que você me deu esperança... Que bom que eu tive a paciência... E que bom Deus ter permitido o nosso reencontro. Digo reencontro em virtude daquele bendito churrasco, que me fez sonhar novamente...
Amor, não concordo com tudo que você escreveu. Por que dizer que não é digna de tudo que está acontecendo, que merece menos que nada? Não entendi. Pela pessoa que você é, pelo coração que tem, por todas as provações por que passou, pela inteligência e pelos seus atos, posso dizer merece tudo de bom e mais um pouco... Espero que eu consiga ser esse "mais um pouco". Amo vc!!! Paulo.

Dom Rafa disse...

Muito lindas as suas palavras, poucas pessoas conseguem exteriorizar tudo isso. Só posso desejar muita felicidade pra vocês! Beijos!!

Gabrielle Avelar disse...

Poxa, Rafa, obrigada!!! ^^

Adriana Polo disse...

Olha o time do amor vencendo ai gentemmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm!!! Beijocas

alguém... disse...

Gabizinha, ainda bem que você tem quem leia essas palavras lindas que escreve, o amor nunca devia ser mantido em segredo. BEIJINHO ESPECIAL E SINCERO.