quinta-feira, 15 de abril de 2010

Convalescente...

Cof, cof, cof... Desculpe Amor... Cof, cof, cof... Não lhe deixei dormir por duas noites seguidas... Cof, cof, cof...
Mas - cof, cof, cof - mesmo assim - cof, cof, cof - muito obrigada!!!
Cof, cof, cof... Já que não posso ficar tagarelando - por - cof, cof, cof - ordem médica - cof, cof, cof -, e porque esse "cofcof" não deixa - cof, cof, cof...
... Eu preciso escrever: Cof, cof, cof... Que você é tudo de melhor que existe no mundo...
E me suporta, mesmo no meio do meu "cofcof" - cof, cof, cof... Mesmo quando, por vários outros motivos, eu não lhe deixo dormir... Cof, cof, cof...
Pois, não é só o "cofcof"... Também há minha ansiedade e o graaaaaaaaaaande medo de ficar sem você...
Cof, cof, cof...
Obrigada por cuidar de mim e me proteger... Cof, cof, cof... Você é mesmo um presente de Deus!!!
Cof... Amo... Cof... Você... Cof... Demais... Cof, cof, cof!!!
A Dodói - que já está sarando téqueenfiiiiim!!!

Um comentário:

Adriana Polo disse...

O amor é o melhor remédiooooooooooooooooooooooo...Beijocaaaaaaaaaaaa e adorooooooooo sua felicidade!